Stull um Portal para o Inferno na Terra


Segundo reza a lenda Stull é uma pequena cidade do Kansas que é um dos sete portais da terra que dão acesso ao inferno e suas histórias já vem sendo contadas há mais de 100 anos.
Sua estória começou a ganhar notoriedade mesmo lá pela década de 70 quando um professor universitário começou a espalhar histórias sobre o local dizendo que Stull era assombrada por lendas diabólicas e acontecimentos sobrenaturais.

Alguns dizem que o cemitério da cidade é um dos poucos lugares da terra onde o Diabo aparece em pessoa duas vezes ao ano.

A pequena cidade foi colonizada em meados de 1800 por pessoas de ascendência alemã principalmente,e logo trataram de erguer uma pequena igreja evangélica que conseguiu arrecadar fundos para posteriormente ser fundada uma outra igreja A igreja de Cristo de Stull que ficava localizada em um bom terreno comercial da cidade,mas voltando a pequena igreja evangélica,essa foi construída em um terreno um pouco mais afastado da cidade dentro de um cemitério,onde dizem que depois de alguns anos eram praticados rituais de magia negra e sacrifícios dentro dessa pequena igreja do cemitério.


Em 1900 um pai queimou seu próprio filho que não sabia estar no campo na hora da queima e mais tarde perto desse mesmo local um homem foi encontrado enforcado no antigo pinheiro e por incrível que pareça o local dos dois acidentes ficava próxima a uma estrada denominada Estrada do Diabo que hoje em dia só é possível se encontrada por quem tiver acesso aos antigos mapa da cidade.
Umas das lendas mais conhecidas diz que atrás da igreja há uma pequena escadaria que só algumas pessoas conseguem encontrar e quando é encontrada a pessoa que a adentrar ou levará muito tempo para voltar ou não voltará nunca mais,pois esta estaria presa no inferno.


Algumas pessoas dizem terem achado a tal escada e que realmente é sufocante entrar nela e que se tem a sensação de forças ocultas puxando para baixo;ainda dizem que a escadaria possui um selo que só se abre no dia das bruxas ou no equinócio de primavera e é nesse momento que o Diabo vem a Terra para visitar o tumulo de uma bruxa com quem teve um filho,no qual habita a floresta em volta do cemitério

A pequena igreja agora é encontrada em ruínas e dizem que ela é que o centro de toda atividade paranormal do lugar,dizem que mesmo caída do jeito que está bruxas ainda a frequentam para realizarem os seus riuais e que estranhamente em dias de chuva pode se notar de que não chove dentro da igreja,mesmo ela estando sem o teto.

As poucas pessoas que resolveram acampar perto da igreja se arrependeram depois,dizendo que passar a noite lá é uma tarefa humanamente impossível e totalmente aterrorizante,a noite os ventos ficam muito fortes,dá pra se ouvir gritos e lamentos e alguns dizem que ficaram estranhamente pregados ao chão sem conseguirem se mover.


Há ainda um segundo cemitério muito mais antigo no qual há uma velha arvore.,onde dizem que cresceu dentro de um tumulo de bruxa partindo-o em dois,ali foi enterrado toda uma família de bruxos e bruxas e que é o local preferido para pessoas realizarem rituais de magia negra e nessa mesma arvora também foram enforcadas algumas pessoas acusadas de bruxaria.


Os habitantes da cidade, que na realidade são muito poucos não passam de quarenta,não gostam de visitantes na cidade e fazem de tudo para que sua privacidade não seja invadida,dizendo que nada de estranho acontece lá,eles tentam manter os visitantes afastados a todo custo e dizem que não há nada para ver ou mostrar.

Curiosamente todo ano em Skull acontecem fatos muitos estranhos e pessoas desaparecem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário